Revolução de 1830 na França

O que foi, causa, contexto histórico, resumo, consequências, bibliografia

Revolução de 1830 na França: vitória do liberalismo
Revolução de 1830 na França: vitória do liberalismo

 

O que foi


Foi um movimento de caráter liberal e popular, liderado pela burguesia francesa, que derrubou do trono o rei Carlos X. Este movimento ficou conhecido como Revolução de Julho de 1830 e, também, como as Três Gloriosas (porque ocorreu nos dias 27, 28 e 29 de julho de 1830).

 

Contexto histórico e causas principais

 

Após o Congresso de Viena (1815), a dinastia Bourbon retornou ao poder na França. Em 1830, o rei francês era Carlos X, que retomou a antiga forma de governar baseada no absolutismo. Os franceses já haviam derrubado o absolutismo na Revolução Francesa, iniciada em 1789 e finalizada em 1799, e não tinham mais qualquer tolerância com esta forma de governo.

 

Em 1830, a crise e a instabilidade política na França aumentaram muito, após Carlos X dissolver o Parlamento Francês e suspender a liberdade de imprensa (medidas absolutistas).

 

No final de julho de 1830, o povo francês foi para as ruas. Uma verdadeira guerra civil se estabeleceu. Grande parte da Guarda Nacional, que deveria apoiar o governo, passou para o lado do movimento revolucionário. Carlos X teve que abandonar o trono e partir para o exílio.

 

Consequências principais:

 

- Queda de Carlos X do trono francês e fim do absolutismo.

 

- Com o apoio da burguesia, Luís Felipe I (chamado de o “Rei Burguês”), da dinastia Orleans, assume o trono.

 

- Retornou à França os ideais do liberalismo político e econômico, que correspondia aos anseios da alta burguesia, banqueiros e ricos industriais franceses.

 

- A paz retornou à França, porém, os ideais se espalham para outros países da Europa (Polônia, Países Baixos, Bélgica, Estados Alemães, Portugal e Estados Italianos), que também tiveram movimentos revolucionários entre 1830 e 1831.

 

Você sabia?

 

- Há uma famosa obra de arte que retrata (homenageia) a Revolução de 1830 na França. Esta pintura é A Liberdade guiando o povo, do pintor romântico francês Eugène Delacroix. Ela faz parte do acervo do Museu do Louvre (Paris).