Sousândrade

Quem foi, principais obras, estilo literário, movimento que fez parte, resumo das características do seu estilo, gêneros que escreveu

Sousândrade: um dos poetas mais inovadores do Romantismo brasileiro
Sousândrade: um dos poetas mais inovadores do Romantismo brasileiro

 

Quem foi - resumo

 

Joaquim de Souza Andrade, mas conhecido como Sousândrade, foi um professor e poeta brasileiro do século XIX.

 

Nasceu na cidade de Guimarães (Maranhão), em 09 de setembro de 1833. Faleceu na cidade de São Luís (Maranhão), aos 68 anos, em 21 de abril de 1902.

 

Sua obra mais famosa é Guesa Errante, escrita entre 1858 e 1888, que é um poema composto por 12 cantos e um epílogo. Ele tem como tema principal uma lenda de indígenas colombianos.

 

Principais características do seu estilo literário:

 

- Embora seja considerado um poeta romântico, ele rompeu com várias características literárias do Romantismo. Logo, é considerado um poeta inovador dentro do próprio movimento que pertenceu.

 

- Presença, em suas obras, de invenções sintáticas e vocabulares.

 

- Uso de neologismos (utilização de palavras novas, criada a partir de palavras existentes ou não).

 

- Presença de ordenação sintática não comum, inspirada em outras línguas.

 

- Utilização de estrofes e métricas muito diferentes dos padrões, até então, vistos na literatura brasileira.

 

Principais obras de Sousândrade:

 

- O Guesa Errante (entre 1858 e 1888) - poesia

 

- A Casca da Canelleira (1866)

 

- Obras poéticas (1874)

 

 

Artigo publicado em: 08/01/2020
___________________________________

Revisado por Elaine Barbosa de Souza
Graduada em Letras (Português e Inglês) pela FMU (2002).