Deuses da Babilônia

No panteão babilônico existiam muitas divindades. Veja abaixo uma relação dos principais deuses babilônicos e o que representavam.

Marduk: um dos principais deuses da religião da Babilônia
Marduk: um dos principais deuses da religião da Babilônia

 

Principais deuses da Babilônia:

 

- Marduk (rei dos deuses, o mais importante no panteão babilônico). Era também chamado de “Bel”, que significava “senhor”. Estava associado à água, ao julgamento e à vegetação. Os babilônicos acreditavam que era Marduk o responsável pela escolha do rei da Babilônia.

 

- Apsu – o progenitor dos deuses. Esposo de Tiamat. Personificava a água do solo primordial.

 

- Tiamat – deusa primordial, mãe do cosmos. Representava às águas dos oceanos.

 

- Lahamu – representada muitas vezes como uma serpente. Era filha de Apsu com Tiamat. Representava o lodo dos oceanos.

 

- Ansar – deusa do céu.

 

- Samas ou Chamache – deus do Sol e da justiça (Babilônia, Acádia e Assíria)

 

- Kisar – deusa que representava a Terra.

 

- Enki – deus das águas doces dos rios e lagos. Era também associado ao conhecimento.

 

- Anu – deus dos espíritos, dos demônios e das constelações estelares. Era considerado também o juiz dos deuses e dos homens.

 

- Sarpanitu – deusa-mãe, padroeira da Babilônia. Era também considerada a protetora das mulheres grávidas.

 

- Nabu – deus da escrita e da sabedoria.

 

- Nergal - deus do submundo.

 

- Ashur (Assur): deus da guerra para os assírios.

 

- Tasmetu – deusa das súplicas e do amor.


Chamache, deus babilônico

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Chamache: um dos principais deuses da Babilôna Antiga.

 

 

 

 



 

 

 

Representação do deus Tiamat numa placa de argila babilônica

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Representação do deus Tiamat numa placa de argila babilônica.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Última atualização em 08/09/2020
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).