Andrômeda

Na mitologia grega, Andrômeda era uma princesa. Saiba mais sobre ela neste texto.

Perseu vencendo o monstro marinho para salvar Andrômeda
Perseu vencendo o monstro marinho para salvar Andrômeda

 

Quem foi

 

Na mitologia grega, Andrômeda foi uma princesa etíope (da Etiópia, região fenícia nos mitos gregos). Era filha de Cefeo (rei da Etiópia) e Cassiopeia (rainha da Etiópia).

 

O mito de Andrômeda

 

De acordo com a mitologia grega, a mãe de Andrômeda se autoproclamou a mais linda entre as Nereidas (ninfas do Mar Mediterrâneo). Este fato provocou a fúria do deus grego das águas, Poseidon. Este resolveu inundar o planeta e enviar o monstro marinho Ceto (espécie de baleia) para devorar toda humanidade.

 

Desesperado, Cefeo procurou o oráculo para saber o que fazer. Foi orientado a oferecer sua filha Andrômeda para o monstro Ceto, como forma de salvar o mundo. Ceto aceita e acorrenta Andrômeda numa rocha. O herói Perseu, ao passar pela região, viu a princesa acorrentada e se apaixonou por ela. Foi até o rei e a rainha pedir a mão da princesa em casamento. Estes concordaram desde que o herói salvasse a filha do monstro marinho.

 

Então Perseu, com a cabeça da Medusa em suas mãos, foi até Ceto e a venceu. O monstro, após ser vencido pelo herói grego, foi transformado em um coral.

 

No final do mito, Perseu e Andrômeda se casaram e foram morar em Argos. Lá tiveram vários filhos que foram os governantes de Micenas.

 

Você sabia?

 

- Existe uma constelação, localizada no hemisfério celestial norte, chamada Andrômeda. Existe também a galáxia de Andrômeda, que está a cerca de 2,54 milhões de anos-luz da Terra.

 

- Há uma peça, escrita pelo dramaturgo grego antigo Eurípedes, que conta o mito de Andrômeda. Ela foi encenada em 412 a.C.

 

Andrômeda, personagem da mitologia grega
Andrômeda representada numa pintura grega de 340 a.C.

 

 

 



Última revisão: 01/04/2020

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).