Biocombustíveis

Saiba o que são biocombustíveis, resumo, exemplos, tipos, vantagens e desvantagens, exemplos, uso, livros sobre

Usina de Biocombustíveis nos EUA: produção de etanol a partir do milho
Usina de Biocombustíveis nos EUA: produção de etanol a partir do milho

 

Definição (o que são)

 

Os Biocombustíveis são combustíveis de origem biológica. São fabricados a partir de vegetais, tais como, milho, soja, cana-de-açúcar, mamona, canola, babaçu, cânhamo, entre outros. O lixo orgânico também pode ser usado para a fabricação de biocombustível.

 

Uso dos biocombustíveis

 

Os biocombustíveis podem ser usados em veículos (carros, caminhões, tratores) integralmente ou misturados com combustíveis fósseis. Aqui no Brasil, por exemplo, o diesel é misturado com biocombustível. Na gasolina também é adicionado o etanol.

 

Principais vantagens 

 

A vantagem do uso dos biocombustíveis é a redução significativa da emissão de gases poluentes. Também é vantajoso, pois é uma fonte de energia renovável ao contrário dos combustíveis fósseis (óleo diesel, gasolina querosene e carvão mineral).

 

Principais desvantagens

 

Por outro lado, a produção de biocombustíveis tem diminuído a produção de alimentos no mundo. Buscando lucros maiores, muitos agricultores preferem produzir milho, soja, canola e cana-de-açúcar para transformar em biocombustível. 

 

Exemplos de biocombustíveis 

 

Os principais biocombustíveis são: etanol (produzido a partir da cana-de-açúcar e milho), biogás (produzido a partir da biomassa), bioetanol, bioéter, biodiesel, entre outros.


Você sabia?

 

- O Brasil é segundo maior produtor de biocombustíveis do mundo com uma produção anual de cerca de 18 milhões de toneladas (dados de 2018). O maior produtor são os EUA, que produz cerca de 31 milhões de toneladas por ano.