Eurocentrismo

Eurocentrismo é a valorização da cultura e sociedade europeia como sendo superior as outras. Este conceito está ligado, principalmente, aos contextos do colonialismo e neocolonialismo.

Primeiros contatos entre Colombo e os índios da América: eurocentrismo prevaleceu nas relações
Primeiros contatos entre Colombo e os índios da América: eurocentrismo prevaleceu nas relações

 

Definição - o que é

 

Eurocentrismo é uma ideia que coloca os interesses e a cultura Europeia como sendo as mais importantes e avançadas do mundo. 

 

Exemplo de Eurocentrismo

 

Este conceito foi muito utilizado no período das Grandes Navegações e Descobrimentos Marítimos (séculos XV e XVI). Nesta fase da história, os europeus, principalmente portugueses e espanhóis, descobriram novas terras na África e Ásia e implantaram suas culturas (religião, língua, modos, costumes) entre os povos conquistados. Fizeram isso, pois acreditavam que a cultura europeia era mais desenvolvida do que a dos indígenas e africanos.

 

Durante o período neocolonial (século XIX) este conceito voltou a ser usado durante o processo de ocupação e partilha da África e Ásia pelos europeus.

 

Na atualidade 

 

O eurocentrismo é um conceito que não é mais aplicado, pois atualmente sabemos que não há uma cultura superior a outra, elas são apenas diferentes e devem ser respeitadas como tal.

Pintura Desembarque de Cabral

Desembarque de Cabral em Porto Seguro (pintura de Oscar Pereira da Silva): portugueses que chegaram ao Brasil em 1500 eram eurocêntricos, pois acreditavam que a cultura europeia era superior à indígena. Esse é um bom exemplo do eurocentrismo.

 




 



Última revisão: 16/09/2020

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).