Dobramentos Modernos

O que são, resumo, exemplos no mundo, dobramentos modernos no Brasil, características, relevo, províncias geológicas, cordilheiras

Cordilheira do Himalaia: exemplo de dobramento moderno
Cordilheira do Himalaia: exemplo de dobramento moderno

 

O que são dobramentos modernos

 

Também conhecidos como dobramentos terciários, os dobramentos modernos são estruturas da superfície terrestre (províncias geológicas) formadas a partir do deslocamento das placas tectônicas no começo do período Terciário (início da Era Cenozoica). No atrito entre duas placas, uma delas entra por baixo, levantando (dobrando) a outra. Logo, estes dobramentos modernos são regiões elevadas (picos, montanhas, cordilheiras).

 

São chamados assim, pois se considerarmos todos os períodos da escala geológica do planeta Terra, eles sugiram numa época recente ou moderna (de 65 milhões a 2 milhões de anos atrás).

 

Características principais:

 

- Compostas, principalmente, por rochas magmáticas e metamórficas.

 

- Regiões que apresentam elevada altitude com relevo em formato pontiagudo. São as áreas mais elevadas do mundo.

 

- Apresentam instabilidade tectônica, possibilidade elevada de abalos sísmicos (terremotos).

 

- Presença de minerais (metálicos e não metálicos) no terreno que foi elevado.

 

- Relevo que teve baixa ação do processo de erosão, em função de serem recentes.

 

- Presença de rios em função da forte inclinação do relevo e das altitudes elevadas.

 

 

Há dobramentos modernos no Brasil?

 

O relevo brasileiro não apresenta dobramentos modernos. Como o território do Brasil está localizado no meio de uma placa tectônica, não ocorreu choque de placas no passado. Logo, não houve a formação deste tipo de estrutura de relevo. Há vantagem disto é que em nosso país há baixíssima incidência de abalos sísmicos (terremotos). Quando há tremores de terra no Brasil, é de baixa intensidade e, geralmente, reflexo de terremotos que ocorrem na região da Cordilheira dos Andes.

 

 

Exemplos no mundo:

 

- Cordilheira dos Andes (faixa oeste da América do Sul)

 

- Montanhas Rochosas (oeste da América do Norte)

 

- Cadeia dos Alpes (região central da Europa)

 

- Cordilheira do Himalaia (sudeste asiático)

 

- Pirineus (fronteira entre Espanha e França)

 

- Apeninos (região central da Península Itália, de norte a sul)

 

- Cárpatos (região central da Europa)

 

- Cáucaso (região sudeste da Europa)

 

- Montes Cantábricos (região norte da Espanha)

 

- Cordilheira do Atlas (noroeste da África)