Dadaísmo

O que é Dadaísmo, características do dadaísmo, principais artistas, origem do termo, resumo, bibliografia

Marcel Duchamp: um dos principais representantes do dadaísmo
Marcel Duchamp: um dos principais representantes do dadaísmo

 

Introdução (o que foi)

 

O dadaísmo foi um movimento artístico que surgiu na Europa (cidade suíça de Zurique) no ano de 1916. Possuía como característica principal a ruptura com as formas de arte tradicionais. Portanto, o dadaísmo foi um movimento com forte conteúdo anárquico. O próprio nome do movimento deriva de um termo inglês infantil: dadá (brinquedo, cavalo de pau). Daí, observa-se a falta de sentido e a quebra com o tradicional deste movimento.

 

Características principais do dadaísmo:

 

- Objetos comuns do cotidiano são apresentados de uma nova forma e dentro de um contexto artístico;

 

- Irreverência artística;

 

- Combate às formas de arte institucionalizadas;

 

- Crítica ao capitalismo e ao consumismo;

 

- Ênfase no absurdo e nos temas e conteúdos sem lógica;

 

- Uso de vários formatos de expressão (objetos do cotidiano, sons, fotografias, poesias, músicas, jornais, etc.) na composição das obras de artes plásticas;

 

- Forte caráter pessimista e irônico, principalmente com relação aos acontecimentos políticos do mundo.

 

Principais artistas e escritores dadaístas

 

- Tristan Tzara

 

- Marcel Duchamp 

 

- Hans Arp 

 

- Julius Evola 

 

- Francis Picabia 

 

- Max Ernst 

 

- Man Ray 

 

- Raoul Hausmann 

 

- Guillaume Apollinaire 

 

- Hugo Ball 

 

- Johannes Baader 

 

- Arthur Cravan 

 

- Jean Crotti 

 

- George Grosz 

 

- Richard Huelsenbeck 

 

- Marcel Janco 

 

- Clement Pansaers 

 

- Hans Richter 

 

- Victor Brauner

 

- Kurt Schwitters

 

- Sophie Täuber

 

A fonte de Marcel Duchamp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A fonte (1917), de Marcel Duchamp: uma das obras mais conhecidas do Dadaísmo.