Cinturão de Kuiper

O que é, definição, localização, características e dados astronômicos, significado, astronomia, composição, curiosidades

Cinturão de Kuiper (em verde)
Cinturão de Kuiper (em verde)

 

O que é (definição), características e localização:


O Cinturão de Kuiper é uma área do sistema solar exterior que concentra grande quantidade de corpos celestes de variadas dimensões. Está localizado numa posição do sistema solar além dos planetas e antes do planeta anão Éris. Os astros dispersos, que compõem o Cinturão de Kuiper, são formados, principalmente, por gelo, amônia e metano (composição muito parecida com a dos cometas). Possui um formato de disco que circunda o sistema solar.

 

Os corpos celestes localizados no Cinturão de Kuiper são chamados de objetos transnetunianos (estão além da órbita de Netuno). De acordo com muitos astrônomos, existem cerca de 100 mil corpos celestes nesta região do sistema solar.

 

Dados astronômicos do Cinturão de Kuiper:

 

- Distância do Sol: entre 30 e 50 UA, ou seja, entre 4.500.000.000 km e 7.500.000.000 km.

 

- Massa: aproximadamente 10% da massa do planeta Terra.

 

- Planetas anões no Cinturão de Kuiper: Plutão, Makemake e Haumea.

 

Curiosidades:

 

- O gelo que forma grande parte dos corpos celestes do Cinturão de Kuiper nunca derrete, como ocorre com muitos cometas.

 

- A primeira observação de um objeto do Cinturão de Kuiper ocorreu em 1992 e foi feita por astrônomos de um observatório localizado no Havaí.

 

- De acordo com astrônomos, os corpos do Cinturão de Kuiper são objetos que não conseguiram se aglutinar, para formar planetas, na época da formação do sistema solar.