Oswald de Andrade

Oswald de Andrade foi um dos principais escritores do movimento modernista brasileiro.

Oswald de Andrade: importante representante da literatura modernista
Oswald de Andrade: importante representante da literatura modernista

 

Quem foi

 

Oswald de Andrade foi um poeta, dramaturgo e ensaísta paulista do século XX. É considerado um dos principais escritores do Modernismo no Brasil. Sua principal obra é Marco Zero (2 volumes), publicada entre 1943 e 1946. Foi um dos principais escritores presentes na Semana de Arte Moderna de 1922.

 

Biografia resumida

 

- José Oswald de Sousa Andrade nasceu em São Paulo no ano de 1890.

 

- Em 1909 foi estudar na Faculdade de Direito do Largo São Francisco (na cidade de São Paulo).

 

- Em 1912 viajou para a Europa e lá visitou vários países.

 

- Em 1915, entrou para a da Sociedade Brasileira dos Homens de Letras.

 

- Em 1916 deu inicio ao livro Memórias Sentimentais de João de Miramar. Em 1917 conheceu Mario de Andrade e a partir de então, passaram a trabalhar juntos iniciando movimentos que visavam a Semana de Arte Moderna de 1922, que ocorreu em 1922. 

 

- Ainda no ano de 1922, o escritor modernista Oswald de Andrade escreveu o romance Trilogia do Exílio. A partir de então, escreveu outras obras: Estrela de Absinto, A Escada Vermelha,  Primeiro Caderno do Aluno de Poesia, etc. 

 

- No ano de 1924, Oswald lançou na Europa o movimento nativista Pau-Brasil. Para dar continuidade a este movimento, ele fundou, em 1928, a Revista de Antropofagia com seu Manifesto Antropofágico. 

 

- Em 1926 casou-se com a pintora modernista Tarsila do Amaral. Esse casamento durou até 1929.

 

- Em 1930, casou-se com a poetisa, tradutora, desenhista e militante política Patricia Galvão (mais conhecida como Pagu). O casamento durou até 1934.

 

- Com A Crise da Filosofia Messiânica, ele passou a ser livre Docente de Literatura Brasileira na Universidade de São Paulo. 

 

- Em 1944 casou-se com Maria Antonieta D'Aikmin com quem ficou junto até a morte.

 

- Após sofrer um infarto, faleceu em 22 de outubro de 1954, aos 64 anos, na cidade de São Paulo. Seu corpo foi sepultado no Cemitério da Consolação (São Paulo).

 

Foto em preto e branco do rosto de Oswald de Andrade



Principais características do estilo literário:

 

- Sua obras são expressões puras da cultura fielmente brasileira. Buscou sempre valorizar os elementos culturais e a história do nosso país, rejeitando as influências estrangeiras. Tinha uma visão crítica da colonização portuguesa e das influências que Portugal deixou em nossa literatura, arte e cultura.

 

- Renovou a linguagem literária brasileira. Neste contexto, buscou descolar-se do uso de regras gramaticais e defendeu uma escrita baseada na forma com que falamos, ou seja, coloquial.

 

- Escreveu poemas primitivistas (que valoriza a cultura indígena).

 

- Além dos livros escritos por ele, Oswald de Andrade foi o precursor de perspectivas totalmente inexploradas pelo teatro brasileiro.



PRINCIPAIS OBRAS:

 

Romances

Os Condenados (1922), Memórias Sentimentais de João Miramar (1924), Estrela de Absinto (1927), Serafim Ponte Grande (1933), A Escada Vermelha (1934), Os Condenados (l941) - reunindo os livros de 1922,1927 e 1934, constituindo a Trilogia do Exílio, Marco Zero I - Revolução Melancólica (1943), Marco Zero II - Chão (1946).

 

Poesia

Pau-Brasil (1925), Primeiro Caderno de Poesia do Aluno Oswald de Andrade (1927), Poesias Reunidas (1945), O escaravelho de ouro (1946), O cavalo azul (1947) e O Santeiro do mangue (1950).

 

Teatro

O Homem e o Cavalo (1943), A morta pelo homem (1937), O Rei da vela (1937).

 

Ensaio

Ponta de Lança (1945?), A Arcádia e a Inconfidência (1945), A Crise da Filosofia Messiânica (1950) e A Marcha das Utopias (1966).


Memórias

Um Homem sem Profissão (1954).

 

Capa da obra Marco Zero de Oswald de Andrade

Capa do volume I de Marco Zero, A Revolução Melancólica, de Oswald de Andrade.

 

 

Você sabia?

 

- O Prêmio Jabuti de Literatura de 1988 foi dedicado a Oswald de Andrade (melhor produção editorial - obra avulsa)

 

 

 


Última revisão: 18/01/2022

Por Elaine Barbosa de Souza
Graduada em Letras (Português e Inglês) pela FMU (2002).