Guerra dos Bôeres

O que foi, causas e consequências, resumo, países envolvidos, quando ocorreu, história da guerra, imperialismo britânico

Guerra dos Bôeres: a expansão do imperialismo inglês
Guerra dos Bôeres: a expansão do imperialismo inglês

 

O que foi

 

A Guerra dos Bôeres ocorreu através de dois conflitos militares, desenvolvidos na África do Sul, entre os anos de 1899 e 1902. Esta guerra ocorreu entre o Império Britânico e os colonos holandeses (chamados de boers). Este conflito foi mais um exemplo do imperialismo britânico no continente africano.

 

Contexto histórico e causas da guerra

 

Fazendeiros holandeses foram viver na região sul da África do Sul, a partir do século XVII. Usavam mão de obra escrava da região. No começo do século XIX, os britânicos dominaram a região, forçando os holandeses a migrarem para o interior.

 

Na região interior da África do Sul, os fazendeiros holandeses fundaram duas repúblicas livres: Orange e Transvaal. Enquanto isso, os ingleses se concentraram em suas colônias na região litorânea do sul da África (Colônia do Cabo).

 

Na segunda metade do século XIX, os bôeres encontram minas de ouro e diamantes em áreas de suas repúblicas. A partir de então, estrangeiros (principalmente súditos britânicos) partiram para o interior para explorar estas minas em territórios dominados pelos bôeres. Porém, muitos destes estrangeiros foram impedidos de praticar a mineração nestas terras holandesas.

 

O governo britânico passou então a apoiar os ingleses que se dirigiam à região mineradora, fato que provocou revolta nos bôeres. Em represália, no final de 1899, os bôeres passaram a atacar as colônias britânicas, dando início à guerra.

 

Com um exército maior e com recursos bélicos mais avançados, os ingleses derrotaram os holandeses.

 

A Guerra terminou em 31 de maio de 1902, com a derrota dos bôeres e a assinatura do Tratado de Paz de Vereeniging.

 

Consequências:

 

- As repúblicas bôeres do Transvaal e Orange foram anexadas às colônias britânicas do Cabo e Natal. Em 1910, formou-se a União Sul-Africana.

 

- Aumento do imperialismo britânico na região sul da África.

 

- Embora derrotados, os bôeres receberam uma indenização de três milhões de libras dos ingleses para reconstruir as áreas arrasadas pela guerra. Além disso, pelo tratado de paz, conquistaram o direito de usar a língua holandesa nas escolas, tribunais e órgãos públicos em geral.