Deméter: deusa grega

Na mitologia grega, Deméter era a deusa da fertilidade e da agricultura.

Deméter: deusa da agricultura e da colheita
Deméter: deusa da agricultura e da colheita

 

Quem era na mitologia grega



Na mitologia grega, Deméter era a deusa da agricultura, da fertilidade da terra e da colheita. Era ela quem nutria a terra com a vegetação verde.

 

Era considerada também como a deusa protetora do casamento e da lei sagrada. Era venerada como a responsável pelas estações do ano. Deméter e sua filha Perséfone eram as principais personagens dos mistérios eleusinos (rituais de iniciação realizados na cidade grega de Eleusis).

 

Genealogia 

 

De acordo com a genealogia dos deuses gregos, Deméter era filha de Cronos (titã, deus da agricultura) e Reia (titanide). Desta forma, Deméter era irmã de Zeus (deus dos deuses). 

 

Deméter, segundo os mitos gregos, foi casada com Zeus, Poseidon e Iasião (herói). Ela teve cinco filhos: Perséfone, Despina, Árion, Pluto e Filomelo.

 

As sacerdotisas (responsáveis pelo culto à deusa) de Deméter eram chamadas de melissas.



Representação - principais características

 

Deméter era representada (em pinturas e esculturas), muitas vezes, subindo em um carro com uma grande quantidade de produtos agrícolas como, por exemplo, grãos, flores e frutos.



Curiosidades mitológicas:

 

- Na mitologia romana, Deméter era chamada de Ceres.

 

- Os símbolos associados a deusa Deméter eram: cetro (bastão que simbolizava o poder), grãos de cereais, pão e uma tocha. A cornucópia (vaso em formato de chifre que simbolizava a fertilidade e abundância) também era um símbolo muito associado a essa deusa.

 

- De acordo com os mitos gregos, a morada de Deméter ficava no Monte Olimpo, junto com outros deuses gregos.

 

Busto da deusa grega Deméter

Busto da deusa grega Deméter (cópia romana).

 

 

 

 



revisado e atualizado em 04/06/2020.

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).