Quimera

A Quimera, na mitologia grega, era uma fera que soltava fogo pelas narinas. Saiba mais logo abaixo no texto.

Quimera: temida figura mitológica da Grécia Antiga
Quimera: temida figura mitológica da Grécia Antiga

 

Características principais da Quimera


A quimera é uma figura mitológica que surgiu na Grécia Antiga, por volta do século VII a.C. Era representada, principalmente, por uma mistura entre o corpo de leão e de cabra. De acordo com a mitologia da Grécia, a quimera era uma espécie de fera que soltava fogo pelas ventas.

 

O que fazia 


A Quimera fazia parte do imaginário popular da Grécia Antiga e era temida pelas pessoas. Os gregos acreditavam que este monstro vagava soltando fogo pelas regiões, destruindo cidades e matando rebanhos de animais. 

 

Como surgiu 


De acordo com alguns mitos gregos, a Quimera surgiu da união entre Equidna (monstro com corpo de mulher e cauda de serpente) e Tifão (deus dos vendavais).

 

Destruição 


De acordo com a mitologia grega, a Quimera foi destruída pelo herói grego Belerofonte com a ajuda de seu cavalo alado Pégaso.

 

Belerofonte sobre um cavalo matando a Quimera

Belerofonte sobre seu cavalo matando a Quimera (mosaico grego antigo).

 

 

 



atualizado em 23/11/2020