Socialismo Científico

O que é, resumo, definição, principais características, Marx, socialismo marxista, comunismo, mais-valia, materialismo histórico, princípios, marxismo

Marx e Engels: ideólogos do socialismo científico
Marx e Engels: ideólogos do socialismo científico

 

O que é - definição

 

Também conhecido como socialismo marxista e marxismo, o socialismo científico é uma doutrina política, social e econômica formulada por Marx e Engels no final da década de 1840. Essa doutrina socialista visava analisar a sociedade (do ponto de vista histórico, político e econômico) para transformá-la. Seu objetivo principal era a substituição do capitalismo pelo comunismo, através de um processo revolucionário proletário.

 

Os principais ideais do socialismo científico foram apresentados no Manifesto Comunista, publicado em 1848, por Marx e Engels. Na obra O Capital (1867), Marx apresentou de forma concreta os principais fundamentos do marxismo.

 

Resumo dos princípios do socialismo científico: principais características:

 

- Materialismo Histórico

 

As condições materiais (econômicas) determinam os acontecimentos históricos e o funcionamento da sociedade.

 

- Mais-valia

 

Conceito que explica a exploração do trabalhador pelo empresário. É a diferença entre a riqueza gerada pelos operários e o valor pago, em forma de salário, pelos empresários a estes trabalhadores. É assim que o capitalista acumula capital. De acordo com Marx e Engels a mais-valia seria eliminada no comunismo.

 

- Luta de classes

 

Conceito que explica a oposição entre explorados (trabalhadores) e exploradores (proprietários dos bens de produção). De acordo com o socialismo científico, a luta de classes desencadearia uma revolução proletária que teria como resultado o fim do capitalismo e a implantação do comunismo. Neste novo sistema, esta luta de classes não existiria mais, pois não haveria mais exploradores e explorados.

 

- Revolução socialista e implantação do comunismo

 

De acordo com os ideólogos do marxismo, a revolução socialista seria o meio pelo qual os trabalhadores tomariam o poder, eliminando a propriedade privada e socializando os meios de produção (terras e fábricas). Com a implantação do comunismo, logo após a ditadura do proletariado, seriam eliminadas as desigualdades econômicas e sociais.

 

Curiosidade histórica:

 

Muitos princípios do socialismo científico foram aplicados na prática em vários países durante o século XX. Após a Revolução Russa (1917), o governo russo implantou um sistema, principalmente nas áreas econômica e social, de caráter comunista. Outros países como China, Cuba e várias nações do leste europeu também tiveram experiências baseadas no socialismo científico. Este sistema entrou em crise no final da década de 1990, sendo substituído pelo capitalismo. Atualmente, somente Cuba ainda continua com alguns princípios marxistas em vigor.

 

 

Última revisão: 03/10/2019
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).