Caatinga

Conheça as principais características do bioma Caatinga, tipos de vegetação, animais e curiosidades do bioma.

Paisagem típica do bioma Caatinga
Paisagem típica do bioma Caatinga

 

Introdução


A Caatinga é o bioma presente na região do semiárido nordestino. A área de influência desse bioma compreende os Estados do Ceará, Bahia, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe, Maranhão, Piauí e o Norte da Bahia.


Apesar de ter um solo rico em nutrientes, por ser seco e pedregoso, a população que vive na Caatinga enfrenta dificuldades para o cultivo de alimentos.  Esse problema poderia ser facilmente solucionado com a implementação de sistemas de irrigação.


Entretanto, por ser uma região afetada pela pobreza, muitas famílias do interior nordestino e norte da Bahia ficam expostas à fome, sobretudo nos períodos de seca, por não disporem dos recursos e informação necessária para cultivarem o solo.


Características da flora da Caatinga


Esse bioma é composto por um tipo de formação campestre de vegetação aberta, com grande presença de arvores pequenas de galhos retorcidos, arbustos espinhosos e cactos, que são capazes de armazenar água para suportar os períodos de seca.


A flora da Caatinga é constituída por espécies xerófilas, ou seja, adaptadas ao clima seco e aos baixos índices pluviométricos da região. Esse tipo de vegetação também é conhecido como savana estépica e possuem raízes superficiais para absorverem de forma mais eficiente a água das poucas chuvas que ocorrem na região.


Outra característica da flora da Caatinga é a presença de vegetação caducifólia, ou seja, que perde as folhas nos períodos de seca como forma de evitar a perda de água por evaporação, bem como de vegetações com folhagem pequena, para reduzir a área de exposição ao sol e a consequente perda de água.


Abaixo, alguns exemplos de vegetação natural da Caatinga


Arbustos:


- Aroeira (Myracrodruon urundeuva)

- Angico (Anadenanthera colubrina)


- Juazeiro (Ziziphus joazeiro).


Bromélias:


- Caroá (Neoglaziovia variegata)


Cactos:


- Mandacaru (Cereus jamacaru)


- Xique-xique do sertão (Pilocereus gounellei)


Características da fauna da Caatinga


Devido ao clima semiárido, a Caatinga apresenta baixa densidade de indivíduos vertebrados. Apesar disso, o bioma é rico em biodiversidade. De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, esse bioma abriga 178 espécies de mamíferos, 591 de aves, 177 de répteis, 79 espécies de anfíbios, 241 de peixes e 221 abelhas.


Dentre as principais espécies vivendo neste bioma, podemos citar os seguintes:


- Veado-catingueiro (Mazama gouazoubira)


- Preá (Cavia aperea)


- Gambá (Didelphis albiventris)


- Sapo-cururu (Rhinella marina)


- Tatupeba (Euphractus sexcinctus)


- Ararinha-azul (Cyanopsitta spixii)


- Pomba-asa-branca (Patagioenas picazuro)


- Sagui-de-tufos-brancos (Callithrix jacchus)


- Pica-pau-anão-da-caatinga (Picumnus limae)


Desmatamento da Caatinga: um grave problema ambiental


Dados mais recentes, divulgados em agosto de 2019 pelo Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), apontam que, aproximadamente, 50% do território da Caatinga enfrenta algum tipo de degradação, principalmente desmatamento.


A prática da pecuária extensiva na região é uma das razões para a redução da ocorrência de vegetação natural na Caatinga. Em alguns locais do semiárido já são encontradas regiões com características de deserto.


Curiosidades da Caatinga


- Durante o período de seca, o gado da região alimenta-se do mandacaru, que é rico em água.


- Algumas espécies de bromélias, como o caroá, são aproveitadas para a fabricação de bolsas, cintos, cordas e redes, pois são ricas em fibras vegetais.


- Caatingal é o nome dado a uma grande extensão territorial de caatinga conservada.


- Dia 28 de abril é comemorado o Dia Nacional da Caatinga.


Foto do bioma Caatinga do Nordeste brasileiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Caatinga: solo seco, arbustos e grande quantidade de espécies animais.

 

 

Última revisão: 12/02/2020

Por Jóyce Oliveira Leitão
Licenciada em Geografia (Universidade Estadual de Londrina - 2009), Bacharela em Geografia (USP - 2014) e Mestra em Geografia (Unicamp - 2017). Curriculo Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4259184T9