Períodos da História da Grécia Antiga

Os principais acontecimentos e avanços das fases da história da civilização grega, resumo, períodos

O Período Clássico representou um grande desenvolvimento cultural
O Período Clássico representou um grande desenvolvimento cultural

 

Períodos da História da Grécia Antiga e suas características


 

Pré-Homérico - entre 2000 a.C. e 1.100 a.C.


- Época de ocupação do território da Grécia. Desenvolvimento das civilizações Micênica e Cretense. Invasão dos Dórios no final deste período, provocando a dispersão dos povos da região e ruralização.

 

Período Homérico - entre 1.100 a.C. e 800 a.C.


- Conclusão do processo de ruralização das comunidades gentílicas. Nos genos havia a coletivização da produção e dos bens. No final deste período, com o crescimento populacional, ocorreu a desintegração dos genos. 

 

Arcaico - entre 800 a.C. e 500 a.C.


- Surgimento das pólis (cidades-estados) com a formação de uma elite social, econômica e militar que passa a governar as cidades. Neste período ocorreu a divisão do trabalho e o processo de urbanização. Surge o alfabeto fonético grego e significativo desenvolvimento literário e artístico.

 

Clássico - entre 500 a.C. e 338 a.C.


- Época de grande desenvolvimento econômico, cultural, social e político da Grécia Antiga. Época de grande fortalecimento das cidades-estados gregas como, por exemplo, Esparta, Atenas, Tebas, Corinto e Siracusa. Foi também uma época marcada por conflitos externos como, por exemplo, as Guerras Médicas (entre gregos e persas no século V). Ocorreu também, neste período, a Guerra do Peloponeso (entre Atenas e Esparta). 

 

Helenístico - entre 338 a.C. e 146 a.C.


- Fase marcada pelo enfraquecimento militar grego e a conquista macedônica na região. A cultura grega espalha-se pela região, fundindo-se com outras (helenismo).

 

 

Última revisão: 06/10/2019
___________________________________

Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).